AAJM apresenta demandas de segurança em reunião do Conseg

É preciso registrar boletins de ocorrência para aumentar o efetivo do bairro. Conselho Comunitário de Segurança divulga telefone de policiamento urbano – comunidade ganha um canal direto com a Polícia Civil e espaço de participação ativa.  

Durante a reunião realizada com o Conselho Comunitário de Segurança do Jardim Botânico (CONSEG-JB), a Presidente da AAJM Eleandra Martins, o Superintendente Hudson Quintana Lucas e a Diretora Vanessa Barbosa, apresentaram ao Comandante do 21º Batalhão da Polícia Militar, Major Bruno Rocha, as principais demandas do Mangueiral relacionadas à segurança e o policiamento da região.

Segundo o Major a principal dificuldade em solicitar e justificar a necessidade de aumentar o efetivo próprio para a região é a escassez de boletins de ocorrência (B.O) registrados no Mangueiral. Ele orienta e encoraja os moradores a realizar o B.O para auxiliar o monitoramento e a ação da polícia no bairro, pois é  um dos instrumentos utilizados para realizar o levantamento do índice de criminalidade da região.

Comunidade Vigilante

O Coordenador de Policiamento Urbano (CPU) é um canal direto com a polícia, que também funciona por meio do aplicativo whatsapp, para denunciar qualquer ocorrência ou movimentação estranha na região. O número é exclusivo para os moradores da região, funciona 24h e será um importante aliado da comunidade: (61) 9 9969-2823.

Como e onde fazer Boletim de Ocorrência

Além da delegacia mais próxima em sua região, é possível registrar o Boletim de Ocorrências pela internet, na Delegacia Eletrônica no site da Polícia Civil do DF. A Delegacia Eletrônica proporciona ao usuário comodidade no registro e obtenção de ocorrências policiais. O B.O impresso fica disponível em até 24 horas após o registro, uma cópia também será encaminhada ao e-mail e estará disponível em qualquer unidade da Polícia Civil. Confira as ocorrências policiais registráveis pela Internet:

  • Trânsito
  • Extravio/perda
  • Perturbações
  • Ofensas
  • Ofensas raciais
  • Ameaças
  • Furtos
  • Estelionato/Fraudes e apropriações
  • Maus-tratos aos animais